Ana Beatriz Nestlehner Cardoso de Almeida

Fundadora do MOVA, Arquiteta e Urbanista

 

Ana Beatriz compreende a arte como processo de uma necessidade de questionamento e expressão . Para ela é importante questionar o que vimos e ouvimos, sendo o pensamento e a curiosidade crítica sobre os acontecimentos a nossa volta, o primeiro passo pra liberdade.

 

Nesse sentido compreende o MOVA como o  MEIO dos participantes poderem se expressar,  experimentando sensações diferentes de suas rotina e, eventualmente,  ampliar seu potencial critico, através da arte.

 

Para mais informações acesse:

https://nestlehner.wordpress.com/

www.beatriznestlehner.com

Gabriela Deleu

Fundadora, Estudante de Arquiteura e Urbanismo da FAUUSP .

Gabriela acredita no MOVA como um modo de reinventar os espaços da cidade através da criação artística coletiva. Foi integrante por 5 anos do Coro de Carcarás, (grupo de percurssão e intervenção urbana) e de gestões do GFAU (grêmio da FAU-USP), onde pode organizar diversas atividades políticas e culturais envolvendo os campos criativos da produção coletiva. Já participou de diversos canteiros  e festivais de construção e experimentação de estruturas no Brasil e na França. É fundadora do Estúdio Inflável, grupo que desenvolve projetos de estruturas temporárias infláveis, e colaboradora na ONG Espaço Meninos da Billings, com um projeto de confecção de estruturas flutuantes com garrafas PET,  dando ênfase ao desenvolvimento social e preservação ambiental.

Atualmente trabalha no campo das artes visuais, como assistente da artista Malka Borenstein.

Flávio Raffaelli

Fundador, Designer, Arquiteto e Urbanista. 

 

Flavio Raffaelli é formado em arquitetura e urbanismo pela universidade de São Paulo e tem como estudo a influência da percepção do indivíduo no espaço urbano e arquitetônico. Atualmente trabalha como cenógrafo, já tendo realizado diversos shows no auditório do Ibirapuera para bandas independentes, assim como festivais urbanos no Brasil e Itália.

 

Para mais informações acesse:

flavioraffaelli.com

Gabriele Toth

Arquiteta e Urbanista, Artesã e Pedagoga.

 

Formada em 2013 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, é artista e trabalhou no departamento de patrimônio histórico da prefeitura de SP (2013) e como design gráfica na MIRA filmes Desde 2010 experimenta e percorre diversos campos e técnicas das artes plásticas: da fotografia à matéria têxtil. 

Participa de intervenções urbanas com o coletivo MOVA há 4 anos. Em 2012 ganhou o prêmio de menção honrosa de Intervenção Espacial ROCHE, e em 2014, o curta coletivo em que participa “O Cortejo” chega aos finalistas do programa nascente USP. Desde 2014 tem buscado uma alternativa para o trabalho convencional e se prepara para uma vida mais equilibrada e independente voltada para a natureza utilizando a arte e criatividade como ferramentas principais para a difusão do saber.

Para mais informações acesse:

http://gabrieletoth.wix.com/obras

 

Estudante de Arquitetura e Urbanismo na FAUUSP.

 

Andrea conheceu o MOVA cortando mandalas. 
Pensa que a arte da arquitetura e a ação do arquiteto residem na percepção das possibilidades em diversas escalas. Acredita que a produção do MOVA está na escala da colaboração instantânea, resultado do encontro de amigos conhecidos e desconhecidos disponíveis para a intervenção; e a sua permanência, na escala da percepção humana imediata à nível da rua, do ir e vir, promotor de novos contatos amistosos.  


Suspeita que a arte resida na utopia da ação nessa escala humana e colaborativa, frente à escala esmagodora de sobrevivência na metrópole sp. 

 

Colaboradores

Luiz Nestlehner
Produtor cultural e fundador da "MAIS UM MEIO", responsável pela participação do MOVA no festival Universo Paralello ,"MOVA o Universo Paralello", colaborando no desenvolvimento de projetos, registro e produção de material midiático
Samuel Underwood
Geógrafo, participa junto ao grupo colaborador, como nas ações "Atelier aberto, Viva a São João" e "Gira, Gira Djanira"
Rafael Mutto Shinoki
Fotógrafo e estudante de arquitetura, eventualmente acompanha o MOVA e produz material midiático das atividades, como o "MOVA Iporanga"
Luiza Strauss
estudante de arquitetura na FAUUSP, participou de diversas ações colaborando com o grupo fixo do MOVA.
Mariana Meyer
arquiteta e urbanista, contribui com as atividades do MOVA desde o sua fundação.
Alessandra Iturrieta
estudante de arquitetura, participou de diversas ações na FAUUSP, sendo responsável pela iniciativa do "O encontro dos artistas" na semana dos calouros da FAUUSP 2016.
Pedro Filardo
Pesquisou a pichação em seu mestrado na FAUUSP. Geógrafo, montanhista,
ciclista, empiricista, gosta de lasagna.
Juliana Sumiya
Fotógrafa, estudante de arquitetura e urbanismo na FAUUSP, contribuiu com a cobertura fotográfica da ação MOVA as FADAS
Mostrar Mais

Andrea Barcelos