HOMENAGEM A ATHOS BULCÃO

Homenagem a Athos Bulcão foi a primeira intervenção do MOVA, organizada para reapropriação do Estudio 3 da FAUSP, abandonado pelo processo de reforma da cobertura. Para execução da ação preparamos um grid a longo da parede de 80 m2, trouxemos papeis recortados em quadrados para simular o azuleijos utilizados pelo artista e outros papeis trinagulares. A ação foi divulgada no facebook.  O Painel ainda sobrevivê e foi cenário da reportagem sobre o Guilherme Arantes na revista Trip e da reportagem sobre a reforma do edifício da FAUUSP na revista Arquitetura e Construção.

 

Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom
Mova Jardim das Fadas
Mova Jardim das Fadas

Biblioteca Hans Christian Andersen 2016

press to zoom

MOVA AS FADAS

Joan Michell

Gustav Klimt

BIBLIOTECA HANS CHRISTIAN ANDERSEN

Intervenção organizada sob convite da Biblioteca Hans Christian Andersen localizada em uma praça junto a Av Celso Garcia no bairro do Tatuapé. A ação contou com a participação de colaboradores do coletivo MOVA e de usuários da biblioteca. O tema "Mova as Fadas" foi escolhido devido o Padrinho da Biblioteca "Hans Christian Andersen" que dedicou sua vida a produção de contos de fadas.

Para inspiração adotamos os trabalhos dos artistas Gustav Klimt e Joan Michell.

 

Gustav Klimt foi um pintor simbolista austríaco. Em 1876, estudou desenho ornamental na Escola de Artes Decorativas. Destacou-se dentro do movimento art nouveau austríaco e foi um dos fundadores do movimento da Secessão de Viena, que recusava a tradição académica nas artes, e do seu jornal, Ver Sacrum. Os seus maiores trabalhos incluem pinturas, murais, esboços e outros objetos de arte, muitos dos quais estão em exposição na Galeria da Secessão de Viena.

 

Joan Mitchell , artista plástica natural de Chicago (EUA, 1925), é um dos mais importantes nomes da segunda geração do expressionismo abstrato dos EUA. Dedicou 50 anos de sua vida ao expressionismo gestual permeando os mais diversos estilos, em um vocabulário singular próprio de si. 
Com certeza as paisagens e jardins são sua maior fonte de inspiração, suas obras são caracterizadas por grandes painéis, expansivos e com pinceladas marcantes e cores expressivas. A relação com as massas e cores tendem a reproduzir, especialmente, sentimentos primordiais e intocáveis. São os movimentos do próprio corpo e a sua expressão individual que caracterizam seu trabalho tão expressivo. A princípio suas obras caracterizam-se pelos movimentos violentos e raivosos, em fase consecutiva busca a oposição como mote: transparência e densidade, organização e caos, leveza e intensidade e etc.

 

(2016)